fbpx

Sennheiser EW-DX

Começam a ser distribuídos os primeiros produtos da tão aguardada serie de microfones digitais sem fios

A Sennheiser anuncia que os primeiros dispositivos EW-DX já começaram a ser enviados para os Estados Unidos, Europa, Japão e Singapura. Os produtos disponíveis são o recetor de dois-canais EW-DX EM 2, o transmissor de mão– com ou sem interruptor mute programável –e o transmissor bodypack. Este último também vem em duas versões, ambos com um conector especial de microfone 3-pin ou jack 3.5mm para microfones ou cabos de instrumentos. No primeiro trimestre de 2023 estarão disponíveis os conjuntos com variantes de frequências, e ainda mais dispositivos e software EW-DX serão adicionados em meados do próximo ano.

“Este extraordinário sistema combina recursos profissionais com a facilidade de utilização em invólucros robustos e bem projetados. Estamos felizes por vê-lo chegar ao mercado,” disse Benny Franke, gestor de produto da Sennheiser. “ O EW-DX é o sucessor, mais do que digno, da serie evolution wireless G4 e vai estabelecer um novo padrão na industria do áudio ao vivo pela simplicidade, fiabilidade, qualidade áudio e eficiência de frequências.”

Reforce a configuração do microfone com o que há de mais moderno no digital sem fios
Seja para empresas de aluguer, digressões de bandas, salas de espetáculo, de culto ou transmissão – o EW-DX simplificará o fluxo de trabalho e irá trazer um interessante conjunto de recursos a qualquer aplicação. Tal como os seus modelos irmãos, o EW-DX oferece a mais baixa latência do mercado (1.9milisegundos), elimina a necessidade de calculo de frequência e oferece uma faixa dinâmica de entrada ultra-ampla de 134dB, permitindo que os seus transmissores lidem com qualquer sinal que lhe é enviado. A autonomia é de 12 horas com a bateria recarregável BA 70, que normalmente vai do ensaio até ao espetáculo ou o próprio evento.  O tempo de funcionamento padrão das baterias AA é de cerca de oito horas.  Conforme o ambiente RF, os transmissores têm um alcance 100m, o suficiente até para palcos mais amplos.

Os sistemas EW-DX também possuem configurações automáticas de RF multi-canal, controlo remoto escalável e monitoramento, assim como encriptação AES-256 para uma transmissão de conteúdos segura. A largura de banda é maior com o EW-DX, até 88 MHz, permitindo a acomodação de mais canais.

Eficiência de espectro e fácil utilização – como é ligado
​Como parte da família Evolution Wireless Digital, o EW-DX respeita o recurso valioso que é o espectro de RF – e, ao mesmo tempo, elimina as complexidades do sem fios.
Cuidadosamente projetado, o sistema não gera produtos de intermodulação significativos. A partir de um ponto de vista de eficiência de espectro, isto significa que os microfones não poluem o espectro disponível com os seus produtos de intermodulação, portanto, mais frequências de transmissão podem ser usadas e distribuídas uniformemente em distâncias regulares ( a chamada grelha de frequências equidistante ou grelha de sintonia). Já não é necessário o cálculo de frequências, o que facilita o trabalho.

No modo padrão – ou seja, com um espaçamento de frequência equidistante de 600kHz – o EW-DX acomoda até 146 links dentro da banda larga comutável, e até 293 no modo Link Density (LD, a 300Hz de espaçamento). E o melhor? Isso só chega à custa de 10% da faixa, portanto, também terá a mesma qualidade de áudio e energia de transmissão no modo LD.

“O modo Link Density dar-lhe-á maior espaço de manobra num espectro RF densamente povoado”, comenta Franke. “Uma ligeira redução no alcance mal é notada durante as produções. O EW-DX vai dar-lhe maior tranquilidade, sabendo que a qualidade de áudio e a potência de transmissão não irão sofrer. Os sinais estarão ótimos e serão transmitidos de forma fiável.”

Preparados para o palco – transmissores EW-DX
​O
EW-DX oferece uma escolha de dois transmissores de corpo – o EW-DX SK  com jack de 3.5 mm para microfones e cabos de instrumentos ou o EW-DX SK 3-PIN para microfones com um conector especial de 3-pin. O transmissor de palco pode ser usado. Os bodypacks podem ser usados com qualquer microfone digital Sennheiser de gancho ou de cabeça, o sistema Neumann MCM e outros microfones digitais. O microfone de mão também está disponível em duas versões: com um interruptor mute programável silencioso (EW-DX SKM-S) e sem interruptor (EW-DX SKM). O interruptor mute pode ser programado como, AF Mute e RF Mute “desligado” -o último permitindo alterar as configurações de forma inaudível ou manter um microfone a mais, pronto para ser usado. Uma ampla gama de 14 cabeças de microfones Sennheiser e Neumann (interface padrão da cápsula Sennheiser) está disponível para o microfone de mão.

Todos os transmissores possuem um controlo de acabamento para que possam alternar no mesmo canal recetor  -por exemplo, quando estão a ser usadas várias guitarras – e continuam a ter o mesmo nível na mesa de mistura. Para guitarristas e baixistas que não querem perder o som típico do cabo, o transmissor de corpo EW-DX SK oferece um concorrente de cabo de três etapas.

O transmissor EW-DX é o primeiro no mercado a possuir ecrãs e-link -mesmo quando desligados, poderá ler os dados essenciais do transmissor. Também estão equipados com um low-cut ajustável para reduzir o ruido de manuseamento ou o ruído pop numa situação de transmissão. As configurações estão “desligadas”, 30 Hz, 60 Hz, 80 Hz, 100 Hz e 120 Hz. Todos os transmissores possuem contactos de carregamento para um dispositivo da bateria BA 70 e gerador de som de teste incluído.
O brilho do ecrã pode ser ajustado, todas as configurações bloqueadas e – um ativo inestimável em configurações de palco mais intimas ou num ambiente de transmissão – o estado verde do LED dos transmissores pode ser desligado.

Uma estrela nos bastidores – recetor EW-DX
O EW-DX EM 2 é o primeiro recetor de dois canais da serie a ser lançado. É a escolha ideal para utilizadores que não necessitam de saída áudio digital, que estará disponível com dois recetores habilitados para Dante, em meados de 2023.

O EW-DX EM 2 é equipado com uma função Auto Scan, que ajudará a encontrar boas frequências par ao recetor ou a vários recetores em rede. Os transmissores são convenientemente sincronizados através de  Bluetooth® Low Energy: não é necessário nenhuma linha de visão, nem agachamentos na frente da rack para garantir que os transmissores possam ver os recetores. Melhor ainda: pode escolher que configurações quer alterar. Se quiser alterar a frequência de transmissão, pode selecionar exatamente isso, todas as outras configurações do transmissor permanecem intocáveis.

O recetor é equipado com uma saída de auscultadores com controlo de volume, tanto o XLR equilibrado como as saídas analógicas 6.3mm e uma porta RJ 45 para Ethernet e integração nas redes de controlo de monitorização.  Um ecrã OLED mostra ambos os canais de e um indicador de qualidade de link ajuda a evitar surpresas.

Recarga do sistema – acessórios
Até que mais opções de carregamento estejam disponíveis em 2013, o carregador USB L 70 de duas etapas empilhável recarrega com baterias BA 70. Este carregador também está disponível no conjunto de recarga EW-D, junto com a fonte de alimentação NT 5-20 UCW e duas baterias BA 70. Enquanto isso, o cabo de distribuição de energia EW-D e a unidade correspondente de fonte de alimentação NT 12-35 CS alimentam quatro recetores  EW-DX EM 2 e mantêm a configuração mais limpa. A antena ativa splitter EW-D ASA , a antena booster EW-D AB e a antena direcional passiva ADP UHF completam os acessórios do sistema que estão atualmente disponíveis.

Software de controlo
Para ter as atualizações de firmware desde o inicio, a Sennheiser recomenda fazer o downlow gratuito do software  Sennheiser Control Cockpit para um computador com Microsoft Window. Executar uma atualização imediata no firmware do recetor garante que vai beneficiar de todas as funcionalidades que o sistema pode oferecer. Em meados de 2023, estarão disponíveis novas versões do  Sennheiser Wireless Systems Manager (WSM, para atulização de firmware e funcionamento profissional) e Smart Assist App (para um funcionamento prático de configurações menores).